10 dicas para evitar transtornos em sites de compras coletivas

quinta-feira, 1 de março de 2012


Com o crescimento de compras coletivas após o crescimento de compras on-line, não só cresceu a quantidade de compras mais também a quantidade de reclamações (formais e informais). Se você é uma das pessoas que usam os sites de compras coletivas e/ou faz compras pela internet, fica registrada 10 dicas para evitar transtornos.


Com a ajuda de Mauricio Simão, diretor de marketing do ClickCupom, empresa do segmento com os melhores índices no Reclame Aqui, elaboramos uma lista com 10 dicas para evitar transtornos em sites de compras coletivas.


1) Veja se a empresa possui endereço físico e SAC no site
“Tanto o endereço físico, como o telefone para contato, devem estar disponíveis de forma fácil no site. É uma segurança a mais para o comprador, pois se ele tiver algum problema, já sabe como e onde reclamar”.
2) Pesquise a reputação da empresa em sites de defesa do consumidor
“Um passo importante para evitar dores de cabeça em portais de compras coletivas é pesquisar a reputação da empresa em sites de defesa do consumidor, como o Reclame Aqui, o Procon e o IDEC (Instituto Brasileiro de defesa do consumidor)”.
3) Confira as avaliações e selos de certificação do site
“O selo e-bit, certificação de eficiência dado a empresas de e-Commerce, é um bom parâmetro. Outro indicador importante são as avaliações dadas pelo Reclame Aqui, que variam de ‘não recomendado’ até ‘ótimo’”.
4) Consulte as redes sociais
“As redes sociais de um site, principalmente a fan page do Facebook e perfil do Twitter, podem dizer muito sobre uma empresa. Procure por comentários e experiências de outros clientes”.
5) Fique atento ao regulamento da oferta
“Preste atenção em todos os itens, principalmente na data de validade, localidade da oferta, restrições de dias e horários, prazo de entrega, necessidade ou não de frete e possíveis custos extras”.
6) Fique atento à plataforma de pagamento utilizada
“Algumas plataformas de pagamento são mais seguras que outras. Prefira sempre as que garantem a entrega do produto ou dinheiro de volta. Saiba também se ela assegura o sigilo dos dados bancários fornecidos pelos compradores”.
7) Entre em contato com o anunciante antes da compra
“Entrar em contato com o anunciante é uma forma eficiente de descobrir se a empresa realmente existe. Busque também informações adicionais, para saber se quem está fazendo o anúncio tem capacidade suficiente para atender a demanda”.
8) Exija nota fiscal na compra de produtos
“A proposta inicial dos sites de compras coletivas era vender apenas serviços. Mas com o tempo, eles também começaram a anunciar produtos. Por questões de segurança, exija sempre nota fiscal, e com o valor integral do cupom”.
9) Nunca compre de empresas em que você não fez o cadastro
“O simples fato de receber ofertas de sites em que você não se cadastrou, coloca em questão a idoneidade de uma empresa. Evite dores de cabeças e mova este tipo de e-mail para a caixa de spams”.
10) Verifique se a empresa possui uma política de privacidade
“A política de privacidade assegura ao comprador o sigilo completo de seus dados. Isso garante que o site de compra coletiva não repasse os dados bancários dos usuários”.

Da agencia externa de notícias, PR Newswire



1 comentários:

  1. Sempre tive receio de sites de compra coletiva. Mas é um universo do qual não poderei ficar mito tempo distante

    ResponderExcluir

Use este espaço para perguntar, questionar ou dar algum complemento sobre o artigo em questão. Todos os comentários publicados no Arruma Blog são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores. A finalidade do comentário é proporcionar ao leitor o poder de resposta sobre a postagem apenas. Neste campo não será aprovado comentários para publicar link e/ou material com conteúdo pornográfico de qualquer espécie, discriminatório ou ofensivo de qualquer natureza; que enviar informações sobre atividades ilegais e/ou incitar crimes ou violência. Para finalidades comerciais ou contato direto com o autor damos a opção de 'entrar em contato no topo da página'.

É expressamente proibido utilizar o espaço de comentários para engajar-se em atividades de cunho comercial, como vender produtos, procurar anunciantes e patrocinadores, divulgar informações pessoais de contato, além de veicular banners de qualquer espécie. Também serão apagados comentários de auto-promoção ou que não sejam pertinentes ao artigo em questão.

Todos os comentários são moderados e poderão ser excluídos caso sejam considerados inadequados, ofensivos ou alheios ao objetivo do blog. Este é blog é protegido pela lei de direitos autorais vigente no Brasil.


















 
Arruma Blog © 2009 - 2013 | Desenhado por Bubble Shooter | Direitos reservados | Obrigado pela visita