Os 4 C's a serem considerados em seu blog (e um item 'D' )

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Identificado cinco tópicos que você usar antes de você iniciar o seu blog, ou se você está ainda nos primeiros dias do seu blog, estas informações serão relevantes. A maioria dos tópicos começam com C e apenas uma com D, de dinheiro.

 1. Conteúdo

Começamos com o principal item, o conteúdo. Parece-nos impossível criar um blog sem ter um conteúdo certo? Errado. Há pessoas que criam blogs replicando informações de outros blogs e por isso é possível não ter conteúdo e criar blogs. Só quem se deu certo com isso é aquele que criou um ‘agregador de conteúdo’ (Ocioso, Colmeia, LinkLog, etc) pois eles encontraram um forma legal de dar o crédito ao blogueiro e ainda assim, ser blogueiro.
Lembre-se que conteúdo de verdade é aquele que criamos por conta própria. O sucesso de seu blog consiste justamente neste pensamento base.
Se você não incrementar algo de bom ou positivo na vida de seu leitor, ele não voltará. Acreditar que copiando um artigo já existente em um blog e postar no seu vai gerar comentários é o pior pensamento para um blogueiro pois não só o leitor poderá já ter lido a informação como os sites de busca filtram o seu conteúdo.
Ajude seu leitor através do seu conteúdo, mostre-lhes o assunto foco do seu blog, do seu nicho e dê a eles motivos para continuar lendo, ajude-os se necessários, faça-os rir. As vezes dar dicas sobre algum assunto ou quem sabe como ser um bom pai ou mãe.
Quando o Arruma Blog foi criado, acreditamos que somente nossos amigos blogueiros teria proveito de nosso conteúdo, mais não foi o que aconteceu. Hoje pessoas de todo o mundo nos visitam e usam o conteúdo que geramos. Desta forma, identificamos uma necessidade que na época era relevante e resolvemos dar uma solução, e recomendamos que faça o mesmo: Crie uma breve pesquisa de campo para  sondar o assunto que seja mais relevante à você e que você saiba para criar as postagens.


 2.  Comunidade

Criar uma comunidade não é ir no Orkut ou Facebook (qualquer site de relacionamento) e criar uma ‘comunidade’. Neste sentido, a comunidade é fazer com que um leitor conheça os demais que já comentaram no seu blog ou criar vínculos para que uma pessoa possa interagir com você ou com outras pessoas do seu blog.
Criar meios para fazer seu leitor se sentir em casa, como ele está sendo observado, como ele está sendo ouvido em seu blog e claro, conhecer outros leitores do seu blog formam o que chamamos de comunidade interna.
Ter um blog não é apenas escrever e acreditar que todos gostam e todos lêem. O que atrai as pessoas é poder comentar e ter uma resposta, seja por e-mail ou com um outro comentário, além de outros canais para a interação. Uma das coisas que nos fez acreditar na blogosfera foram as amizades que criamos, os contatos pessoais entre administradores e o ato de conhecer novas pessoas a partir de outro blogs que também tem bom conteúdo.
Valorizar o comentário do seu leitor, tomar conhecimento de que eles existem e de quantos são e lembre-se que são eles que nos ajudam a termos uma vida pública relevante.

3.  Conexão

O seu leitor tem conexão com você ou seu blog? Não basta só postar, criar matérias e algumas vezes se expor em uma postagem no seu blog. A conexão neste tópico refere-se em um avanço da ‘Comunidade’ ou pós-comunidade, onde depois que criamos meios de interação dentro do blog, temos que criar nossas conexões externas.
Quando criamos um blog, desejamos apenas escrever textos e mais textos, sem termos em mente que há inúmeras ligações que podem ajudar seu blog como assinar o seu blog por meio de feeds ou postagens (dependendo a plataforma), de conectar-se com seus leitores por meio do Twitter ou Facebook ou onde quer que seja relevante ao seu nicho.
Imagine quantas pessoas já não gostaram de pelo menos um post seu? Se ao menos elas pudessem receber seus textos por e-mail e no momento mais propício lesse ele? Ou quem sabe poder ler em 140 caracteres alguma informação relevante criada por você?

 4. Contribuição

Faça alguma coisa que realmente contribua no mundo. Se o mundo for muito pra você, então comece fazendo alguma coisa que seja realmente boa para o seu país. Criar conteúdo apenas para direcionar links à sua página é algo muito supérfluo e momentâneo. Não acredite que o dinheiro chega antes do conteúdo, pois não é.
Contribua com seu nicho, não o duplique. Contribua com algum conteúdo relevante mesmo que várias outras pessoas pensam igual, busque o que para você é diferente.
Não somente por ser blogueiro que você não tem que ficar fora de causas nobres como a desigualdade social, meio ambiente, exploração indevida e outros. Conhecemos blogs que são voltados a causas nobres como um da UOL que contribuía para dar sandálias de dedo à pessoas necessitadas do norte do Brasil. Você também pode ir fisicamente e ajudar uma comunidade, uma instituição de sua confiança, ser um voluntário pelos diversos postos do governo ou até ser voluntário em locais de tratamento de pessoas com deficiência física (ou mental).
Encontre novos meios de viver a vida e ter um diferencial não só no meio digital, mas no meio pessoal.

 5. Dinheiro

Por fim, a quinta e não menos importante para um blogueiro, é ter um pouco de ambição. Ela ficou em quinto lugar pois ‘quem gosta faz até por prazer’ e não por cinheiro. Pode parecer um pouco estranho a frase mas é real, então o dinheiro e monetização é algo que vem com a qualidade de conteúdo, ou seja, no momento em que os leitores tiver motivos para voltar no seu blog, terão motivos para ler também as publicidades e qualquer outra forma de ganhar dinheiro do seu blog, até mesmo pedindo uma ajuda pelo Pag Seguro por exemplo.
Passe a pensar neste ponto se você conseguir ter sucesso em todos os outros tópicos acima (1,2,3 e 4) e claro, depois de um ano de blog. Pague ou busque informações sobre monetização do seu blog ou site para que haja um retorno, mas cuidado para não transformar seu blog em uma publicidade ambulante, ninguém gosta disso.
Todos queremos ganhar dinheiro para ampliar alguns itens em  nosso blog, criar novas ações para nosso blog ou nicho e investir em conhecimento quem sabe (quando não se deseja ficar rico). Se você for iniciante, serviços como o AdSense do Gooogle, afiliados UOL ou Buscapé entre outros podem ajudar muito, mas pra quem tem um certo tempo de casa, não basta seguir só nestes itens, temos que pensar em novas formas de monetização em seu blog, mas também não necessita recorrer a uma rede de publicidade, basta usar o tempo de experiência (os primeiros meses ou um ano) para monitorar onde você clica e em que clica nos blogs e sites que visita.
Pense em grandes possibilidades e valorize seus ativos pessoais como “Posso escrever um livro com todo o conhecimento que sei?” também “Posso criar um curso na área que domino?” ou até “Posso ser um membro em algum site colaborativo!” entre outras coisas.


Este são pontos que desejaríamos ter lidos quando criamos nosso blog, mas apenas alguns chegaram ao nosso conhecimento. Acreditamos que estas informações farão o seu blog ter uma linha lógica para o sucesso ou o bom desempenho em seu nicho. Adoraríamos saber seu comentário sobre os tópicos.

Esta postagem é derivada do blog ProBlogger por Darren Rowse

1 comentários:

  1. Oi tudo bom?!
    Qto tempo neh?!rss
    Eu espero um dia alcançar todos os C's!! rss
    Boa semana!
    Bjos***

    ResponderExcluir

Use este espaço para perguntar, questionar ou dar algum complemento sobre o artigo em questão. Todos os comentários publicados no Arruma Blog são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores. A finalidade do comentário é proporcionar ao leitor o poder de resposta sobre a postagem apenas. Neste campo não será aprovado comentários para publicar link e/ou material com conteúdo pornográfico de qualquer espécie, discriminatório ou ofensivo de qualquer natureza; que enviar informações sobre atividades ilegais e/ou incitar crimes ou violência. Para finalidades comerciais ou contato direto com o autor damos a opção de 'entrar em contato no topo da página'.

É expressamente proibido utilizar o espaço de comentários para engajar-se em atividades de cunho comercial, como vender produtos, procurar anunciantes e patrocinadores, divulgar informações pessoais de contato, além de veicular banners de qualquer espécie. Também serão apagados comentários de auto-promoção ou que não sejam pertinentes ao artigo em questão.

Todos os comentários são moderados e poderão ser excluídos caso sejam considerados inadequados, ofensivos ou alheios ao objetivo do blog. Este é blog é protegido pela lei de direitos autorais vigente no Brasil.


















 
Arruma Blog © 2009 - 2013 | Desenhado por Bubble Shooter | Direitos reservados | Obrigado pela visita