Se for para desistir, desista de ser fraco.

Supermercado virtual no metrô permite compras pelo celular

domingo, 19 de abril de 2015

Imagem: Reprodução de como ficou a prateleira em São Paulo




Em 2012 eu publiquei aqui no Arruma Blog o artigo 'Mercado virtual: compre pelo celular' que fala sobre um novo modelo de comércio on-line que possibilita fazer compras para dentro de casa logo após sair do metrô. No artigo anterior Barcelona iniciou o uso do sistema e desta vez, uma startup chamada Mercode resolveu instalar um desses em SP, você sabe o local?

Segundo reportagem da B2B Magazine, os locais escolhidos (sim, não é em um só local) foram estação Butantã e Faria Lima, ambas da linha 4 (amarela) do metrô de São Paulo. A ideia de compras é muito simples e eficiente: ao sair do metrô, o consumidor se depara com prateleiras de supermercado por meio de painéis com imagens dos produtos, valores e um QR Code para cada item e ao apontar o smartphone para um dos itens, a possibilidade de compra é instantânea. O produto é entregue em casa, seguindo o conceito de que você e seu produto estarão a caminho, mas no Brasil, o serviço é processado e entregue por estabelecimentos parceiros que garante a entrega em até 24h e há taxa de frete variando de R$5 a R$15.

Uma pequena ação que promete revolucionar a forma de consumir produtos. O app está disponível para iOS e Android e se você já viu um desses por aí (em São Paulo ou no exterior), comente e deixe sua opinião.

Foto: Reprodução

O blog e os benefícios para seu filho

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Ser pai ou mãe é uma tarefa relativamente complicada em muitos sentidos, mas é algo tão espontâneo que de alguma forma nos capacitamos naturalmente. Ainda assim, sobre as coisas criadas pelos humanos, o processo de aprendizagem e repasse do aprendizado nem sempre é absorvido naturalmente (quando não é de forma errada).

Cuidar do conteúdo que seu filho (filho aqui, ganha um sentido genérico e representa o gênero e não menino ou menina) vê ou produz é uma tarefa a mais na educação do seu filho e felizmente esta é uma tarefa sua que pode alinhar com tarefas da sociedade e da escola. Vamos ver algumas situações que você pode ou deve sugerir ao seu filho a criação de um blog ou ainda o uso de aplicativos educativos.

- Seu filho está aprendendo as palavras e tem idade próxima dos 7 anos, você pode usar jogos de memorização de palavras com a ajuda de tablets, celulares ou computadores.
- Seu filho está desenvolvendo as palavras e tenta ler sílabas, aproveite para envolver ele em jogos de raciocínio com a sua ajuda e que tenha a mesma palavra em inglês (ou outro idioma)
- Seu filho supera os 10 anos de idade e fica muito tempo no vídeo-game (computador ou celular). É provável que em um ano nesta rotina ele tenha adquirido aptidão para digitar rápido no teclado dos gadgets e/ou fazer final em mais de um jogo. Estimule seu filho a lhe explicar com o máximo detalhe possível, quais foram as fazes mais difíceis dos jogos que ele tem e conseguiu passar (isso também vale para quem fica nos jogos do Facebook). Se você notar que entende a forma como seu filho narrou as vitórias no jogo ou mesmo que seja a interação dele no universo tecnológico, incentive-o a escrever isso em um computador (No Word por exemplo) e se seu filho permitir, depois que você ler e verificar se o texto não traz nenhuma exposição da criança ou de segurança (palavrões, amigos dos filhos e outras coisas) crie um blog para seu filho e ajude ele a publicar esse conhecimento para crianças novatas.
- Seu filho é um pré-adolescente e se nega a ajudar dentro de casa pois está frequentemente usando celular, computador ou tablete seja lá por qual motivo. Primeiro, tente entender qual a principal atividade que seu filho faz usando o gadget. Provavelmente será para jogos, assistir vídeos de músicas ou de ‘ídolos teen’ (músicas, bandas e personagens do YouTube) e troca de mensagens instantâneas com outros amigos. A maioria dos pré-adolescentes gostam de se expor um pouco (seja pela beleza física ou pelas coisas que a mídia mostra na TV), então use programas de TV como os de culinárias para indexar (indexar = juntar com...) o tablet ou celular e ligar o YouTube para preparar receitas já conhecidas pelos pais, mas que podem ser feitas com o auxílio dos pais e de quebra, o filho poderá atualizar o status do Facebook como ‘preparando o almoço com as dicas da Ana Maria Braga’ ou ‘meu dia de Edu Guedes’ entre outras mensagens criativas apenas para amigos. Neste contexto, você estará permitindo que o uso da tecnologia não seja evitado e insere no contexto familiar um dos benefícios da tecnologia (as vezes seu filho se identifica mais com a explicação de outras pessoas do que com suas explicações) sem desconsiderar o contexto social que seu filho está (jovens gostam de se sentir importantes ou perto de seus ídolos, use isso a seu favor). Você pode usar esta mesma metodologia para envolver seu filho em outros aspectos da vida em família. Peça a seu filho buscar algum assunto que você queira discutir e depois eleve o nível da conversa usando seus argumentos mas sempre respeite o espaço dele.
- Seu filho não faz toda a lição de casa. Sabemos que o número de jovens em bibliotecas caiu muito nos últimos 10 anos e nem por isso os professores pararam de pedir pesquisas. Reserve sempre um momento para estimular seu filho a fazer coisas boas e acompanhar seu filho na lição de casa. Uma dica é, se seu filho costuma passar algumas horas assistindo filmes de vloguer (pessoas que falam sobre assuntos do dia a dia por meio de vídeo) do Youtube, estimule seu filho a pesquisar o assunto, verifique se algum dos jogos que ele tem em casa menciona o assunto da matéria (a ciência, geografia e a matemática são ótimos exemplos para serem encontradas em jogos) e depois que o material estiver escrito (mesmo que seja escrito no computador, para depois ser impresso) peça a ele gravar um vídeo e postá-lo no YouTube (lembre-se de seguir alguns recursos de segurança, como as roupas que não deve chamar muito atenção e não deve ser com o uniforme da escola, a escolha do lugar, não é bom que seja em um ambiente conturbado da casa e escolha de preferência uma parede com fundo liso de única cor). Desta forma, a criança poderá mostrar ao professor, poderá ensinar mais pessoas sobre o que ela aprendeu e poderá rever (e estudar) quantas vezes desejar. Se a criança não desejar postar no YouTube não tem problema, crie um diretório no seu computador apenas para este ato, vai ser legal rever isso no futuro.
- Seu filho está perto dos 15 anos e tem alguns picos de entusiasmos ou reclusões. Não posso falar pela maioria, mas até onde eu sei e me lembro, a vontade de ter amigos que nos entendam é muito grande até os 17 anos de idade. Nestas horas, se o filho for menina, talvez ela queira um diário para escrever suas frustações e melhores momentos. Tanto menino quanto menina, podem ter um blog e o blog pode ser privado (fechado totalmente ou aberto apenas para convidados) e toda a frustação ou momentos relevantes podem ser compartilhados com imagens ilustrativas. Eu recomendo que o uso do blog seja sempre público, mesmo nesses casos. Haverá sempre outras pessoas que passam por situações parecidas e poderá ajudar ou ficar ainda mais feliz pelos momentos do seu filho. Se seu filho optar por um blog desses, oriente ele a usar um pseudônimo (ou nome fictício) no lugar do nome real e evite expor dados como geolocalização nas postagens e nos detalhes do ‘sobre mim’. Nomes de pessoas próximas também devem ser modificados ou omitidos, para preservar o bem estar entre todos, e desta forma seu filho poderá usar o blog para buscar mais pessoas que compartilham dos momentos e sentimentos na escola ou na vida dela sem problemas.

Em resumo, algumas lições estão relacionadas em cada situação acima: os pais devem estar dispostos a participar da rotina tecnológica do filho bem como devem usar a lição de casa para envolver os filhos ou vice-versa, devem envolver o que eles mais gostam de fazer na lição de casa ou nos aprendizado do dia a dia.

E depois de um breve recesso na blogosfera, eis que volto a postar. Não o blog não ‘morreu’ e eu não vou desistir do blog, apenas me ausentei por conta da faculdade e do trabalho fora da blogosfera. Preferi não postar nada do que fazer uma postagem mais ou menos, afinal o público deste blog não é mais ou menos.

Tradutor simultâneo para Skype

segunda-feira, 7 de julho de 2014


Uma das ferramentas de tradução simultânea e on-line da Microsoft foi deixada de lado quando o finado MSN foi descontinuado, o TBot do qual falei sobre no artigo ‘tradutor gratuito no MSN com tbot’.

A quem nunca usou, ele serve como uma terceira pessoa na conversa, porém não era uma pessoa, era um tradutor on-line que literalmente traduzia o que você escrevesse para outra pessoa nos idiomas selecionados previamente. Era muito eficiente por sinal e fazia você se comunicar por texto com qualquer pessoa do mundo.

A Microsoft não disse o que fez com ele após a morte do MSN e nem disse que ele estaria no Skype que substitui o serviço de mensagem instantânea na web, mas recentemente a equipe do Skype fez uma demonstração no mínimo interessante sobre sua nova ferramenta de tradução simultânea. A nova aposta agora é usar a voz e não o texto, então esta nova ferramenta vai traduzir o que você fala, em outro idioma.


Com o novo projeto, poderemos fazer uma chamada de vídeo (ligação) via Skype, você falará a frase e automaticamente o Skype traduzirá para a outra pessoa, a tradução será em áudio e com legenda para que o receptor entenda ainda mais e este projeto está previsto ainda para 2014.

O que você vai ver no vídeo abaixo é o projeto beta em funcionamento. O vídeo é em inglês e não tem legendas em português, mas é compreensível mesmo sem entender o que se fala. Por enquanto a ferramenta só irá funcionar em aparelhos que rodam com Windows e posteriormente serão criadas versões de apps para outros sistemas e recursos móveis.


Ver o vídeo no YouTube

Arruma Blog não se classifica no Top Blog

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Anunciado em Outubro de 2013 que o Arruma Blog participa da quinta edição do prêmio Top Blog, o evento que tem suas origens em São Paulo mais uma vez chega na reta final e escolhe os três blogs finalistas nas categorias profissional e pessoal.

Este blog conseguiu ficar entre os 100 blogs mais votados pelo público (na categoria Tecnologia e internet), mas não entre os três mais votados mas ainda assim os agradecimentos vão para nossos leitores (você) que votaram. Aproveito o momento para falar um pouco sobre a ausência deste autor no blog entre os dias que se seguiram, até hoje.

     Fazer faculdade, trabalhar no setor privado e manter um blog cujas metas são semanais não é fácil, como nada na vida é fácil (e aprendi que se as coisas estão muito fácil, tem alguma coisa errada). Naturalmente eu deveria me preparar para conseguir me adequar a realidade de três coisas que fazem parte da minha vida, principalmente o blog por estar a mais tempo na vida do que a faculdade. Cada item tem e teve seu peso em minha vida mas notei que por conta do trabalho a quantidade de horas dormida estava cada vez menor e isso refletia nas aulas matutinas na faculdade (o olho sempre queria fechar) e na qualidade do brainstorm que era praticamente zero ou 1/50 para o blog. Resolvi trocar o horário de trabalho e agora consigo dormir entre 7 ou 8 horas por noite, melhorou o brainstorm mas não consigo colocá-lo em prática. Me ocorreu que abri mão de um precioso tempo para estudar e rever conceitos mas consegui ficar com aquela energia para trabalhar e os olhos não se fecham ao chegar na faculdade.

     Com menos tempo para estudo, minhas notas esse semestre tendenciosamente caíram e tive que abrir mão das postagens e manutenções do blog para uma dedicação de urgência aos estudos. O blog não será descontinuado se depender de mim, mas ele poderá ter mais uma demora na atualização no semestre que vem, justamente por conta dos estudos. Os livros, a vida off-line e a dedicação para a construção de uma vida social têm ocultado alguns itens que gostaria de sempre vê-los.

Em resumo, os parágrafos acima indicam um dos pontos que falhei para conquistar um dos 3 lugares no Top Blog. No Facebook do evento, houve a divulgação dos finalistas de cada categoria e me felicitou saber que o blog amigo Magno, o Informação Blogger ficou entre um desses colocados e disputará o prêmio de primeiro lugar.



O I.B. é um blog mais recente que o Arruma Blog na blogosfera e prova que com dedicação e determinação, qualquer pessoa ou empresa consegue se destacar.

Mais sobre Top Blog: É um sistema interativo de incentivo cultural destinado a reconhecer e premiar, mediante votação popular e acadêmica os blogs brasileiros mais populares, que possuam a maior parte do seu conteúdo focado para o público brasileiro, com melhor apresentação técnica a cada grupo e suas respectivas categorias. [Saiba mais]

Usando o Facebook

segunda-feira, 3 de março de 2014


O Facebook é um dos sites mais relevantes da atualidade, uma das empresas mais valiosas do mercado mundial, e já passou por diversas mudanças ao longo dos 10 anos de existência do site, tudo isso só para agradar os usuários que sempre esperam novidades e melhorias.

O nome da empresa já foi citado tantas vezes em diferentes meios de comunicação que é impossível não conhecê-la. O processo de cadastramento na rede social é simples e intuitivo, basta acessar o site e digitar seu nome, digite seu nome, data de nascimento, gênero e endereço de e-mail válido no formulário de cadastro. Um e-mail será enviado ao endereço cadastrado para finalizar o cadastramento.

Agora você é cadastrado no Facebook. Você pode alterar fotos como a do perfil e a de capa e evite usar imagens que não de sua autoria ou que passem mensagens distorcidas, racistas ou que vão contra as leis e éticas do nosso país. Você também pode alterar outros dados que estão em seu perfil, basta clicar no ícone de configuração no canto superior direito da tela.

Como o Facebook muda frequentemente de design e se ajusta à medida que sua equipe se sente mais agradável, é inviável colocar um passo a passo com todas as imagens para você seguir. Hoje é uma forma e amanhã poderá ser de outra.

COMO PUBLICAR E COMPARTILHAR ALGO?
Na medida que você adiciona pessoas, você vai ver o que elas postarem em uma tela chamada ‘linha do tempo’. Nesta tela, você verá possibilidades como o famoso ‘like’ representado pelo ícone de uma mãe em tons azuis e também a possibilidade de compartilhar. Ao clicar em compartilhar você irá compartilhar na sua linha do tempo o que alguém escreveu ou viu e aproveite para fazer seu comentário em cima do que seu amigo escreveu.

Ao publicar ou compartilhar algo (seja pelo celular ou computador) verifique se você quer que todos vejam ou só seus amigos. Para você que tem blog, convém permitir que algumas publicações sejam lidas por qualquer um, mesmo que a pessoa nem tenha Facebook, mas cuidados nunca são demais.


COMO CRIAR UMA PÁGINA PARA MEU BLOG?
Você tem um blog e deseja criar uma página de fans para ele. Para isso, siga o link ou clique sobre ele http://www.facebook.com/pages/create/ e escolha o tipo de página que deseja criar. Não há certo ou errado, mas evite usar a opção de ‘Marca ou produto’ se seu blog não é uma marca ou produto que rende dinheiro. O Facebook usa a classificação para solicitar dados específicos na próxima tela, então pense bem e depois é só ir preenchendo os dados necessários e pronto, estará com uma página sua. Somente após 30 likes (ou 25 se a política não mudou) é que você poderá customizar o nome da página para um que ainda não exista, como por exemplo a do Arruma Blog que é facebook.com/arrumablog

COMO CRIAR ABAS DENTRO DA SUA PÁGINA?
Isso é um caso específico. O Face já mudou a forma de conseguir esse recurso umas duas vezes e não me surpreenderia se isso ocorre novamente. Ainda assim, caso você queira criar um formulário, uma página informativa ou sei lá, apenas escrever algo que consiga formatar em HTML, então recomendo que leia o artigo ‘Como criar página HTML personalizada no Facebook’. Talvez, depois de criar sua página personalizada (ou mesmo que você não crie uma página HTML e use aplicativos para sorteio como o Sortei.me) você queira mudar apenas o ícone então poderá ler ‘Como mudar o ícone de Apps no Facebook’.

Podemos também usar as postagens que qualquer pessoa ou página publicou de forma pública para incorporar ela a uma postagem no blog ou no seu site, e o recurso lembra muito, o que o Twitter já disponibiliza fazer.

Tanto no perfil pessoal quanto em páginas, o site disponibiliza um recurso legal para destacar postagens que você desejar e isso ajuda as pessoas a ver o conteúdo. Basicamente o que você precisa fazer é localizar uma estrela depois de publicar algo ou verificar a opção ‘destacar publicação’ nas opções daquela mesma postagem.

AGENDE CONTEÚDO EM SUAS PÁGINAS
Um recurso que eu uso e gosto é o agendamento de postagens. Infelizmente não é um recurso disponível para o perfil pessoal e apenas para páginas, mas que ajuda muito e torna as coisas muito mais fácil.

Podemos então agendar uma publicação que envolva textos, imagens e vídeos (links com pré-visualização) em data e horário desejado mas sempre no tempo futuro com alguns minutos mínimos para publicação. Para saber mais detalhes, leia ‘facebook e o agendamento de conteúdo’.

HÁ MUITOS TERMOS QUE EU NÃO ENTENDO NO FACEBOOK
Palavras e termos como ‘Plug-ins sociais’, ‘Phishing’, ‘Mural’, ‘Linha do tempo’ e outros te parece muito diferente? Tenha calma que o próprio Facebook já tem uma definição pra te ajudar. Além destas há mais de 20 termos e palavras que o site usa para se comunicar com seus usuários e algumas que você vai ler nos comentários dos amigos.

CONCLUSÃO
Não há muita diferença entre o Facebook e o finado Orkut ou outras redes sociais. Para qualquer uma delas, há uma regra universal ‘Mantenha bons hábitos e seja responsável’. As dicas aqui descritas envolvem tanto quem ainda não conhece o site quanto quem está com medo de se aventurar pra criar uma página e não sabe o que muda. Não tenha medo, tudo o que muda é que você receberá mais notificações (e poderá ajustar isso) além de muitas interações e divulgação da sua marca, produto ou ideia (se houver um planejamento para sua página). Espero ter ajudado e aos que já sabem de todas as dicas, o bom é recordar.


Para saber mais visite Facebook Ajuda

A filosofia do Like

sábado, 22 de fevereiro de 2014


Um like (o botão curtir do Face) sozinho não muda o que você sente, mas é o começo de uma mudança.

Algumas pessoas que usam o Facebook confundem o like com o número de notificações que aparece no topo da tela e não poupam palavras para dizer que tem ’50 likes’, mas na verdade metade disso ou bem mais que a metade é convite para jogar algo sem muita importância.

Há duas estratégias que podemos usar quando se tem um perfil no Facebook (e em outras redes sociais parecidas). A primeira é quando você tem aproximadamente 400 amigos, mas eles são todos conhecidos e tem certa relevância em sua vida e esses sim lhe encherão de likes quando a postagem for boa ou tiver uma foto bonita junto. Nesta estratégia, o que mais vale é a importância do conteúdo associado a todos os amigos e as histórias que construíram juntos. A segunda estratégia é a de quantidade. Sair adicionando conhecidos, amigos dos amigos e pessoas que de alguma forma te encontraram para você conseguir muitos likes quando houver publicações. Imagine ter 3 mil pessoas adicionadas em seu perfil e quando você publicar algo, desses 3 mil, ao menos 500 pessoas clicar em ‘like’? Você então terá mais likes do que aquela pessoa que tem 400 amigos.

O QUE UM LIKE REALMENTE SIGNIFICA


Eu realmente acho que um ‘like’ hoje significa algo como ‘brinquedo de criança’. O motivo é que a rede social nos trata como tal e nos da suprimento para isso.

Quando uma criança ganha algo da qual gosta, ele quer mais daquilo e está disposto a fazer de tudo para ganhar mais. É assim com o leite, com balas, bolacha recheada, salgadinho e outras coisas, porque não seria diferente com um like?

Mas e aquele momento em que você lê ou vê algo que realmente não gostou e pensou em clicar no botão 'não gosto' no Facebook? Cadê esse botão? Acho que nesse caso um like também significa ‘ausência de um dislike’ (entenda a palavra dislike como um termo ao ‘não gostei’)

Já parou para pensar nos motivos que levam o Facebook a não inserir um botão de 'Não curti' nas postagens do site? A resposta pode ser simples: É que estimular o ato de querer receber muitos likes da um reforço positivo na vida de muitas pessoas (ou usuários do site, como preferir) e obviamente estimula o querer em continuar postando. Agora, imaginando o contrário, receber um 'dislike' (termo genérico para o 'não gostei') estimula sentimento negativo na vida das pessoas e nunca sabemos quais sentimentos podem surgir em um momento como este, mas acreditamos que todo sentimento positivo é bom (o que em uma análise mais profunda não é bem verdade, mas em geral é).


O QUE É NECESSÁRIO PARA GANHAR UM 'dislike'?

Se para ganhar um like de alguém, é necessário empenho e uma atividade contínua de tentativas e acertos (ou erros), para ganhar um 'dislike' teoricamente bastaria você escrever o que pensa algo que não seja pensado para agradar seus colegas.

Quantas pessoas você conhece que estariam dispostas a ter seu conteúdo publicado desaprovado no site? A filosofia por traz desta pergunta é explícita e é claro que ninguém quer ter seu conteúdo reprovado por um botão, mas todos queremos ter a oportunidade de falar o quão ruim foi determinada postagem, mas porque não a dizemos isso em um comentário? Simples, pois um comentário expõe muito de nós mesmos e não estamos dispostos a isso.

IMAGINE UM FACEBOOK COM O BOTÃO DISLIKE

Será que a rede social ainda seria tão popular quanto é hoje? Acho que não.

A ideia de classificar algo como negativo assombra tudo quanto é local de expressão e isso vai desde a ideia de classificar um artigo de portal até os comentários. Do Google Plus ao Facebook e dos comentários do Facebook ao comentário de um blog que use sistemas específicos de comentários (Disqs por exemplo).

Nós adultos sabemos lidar melhor com críticas e momentos ruins do que os jovens e adolescentes então eu imagino um botão bem negativo caso ele viesse a existir de verdade, mas por outro lado, algumas pessoas e até jovens, parariam de se expressar de forma de tão insana dentro dos sites (mas aí vem os defensores e dizem que é por isso que o Facebook cresceu, pois hoje é um local onde alguns entram só pra procurar esses tipos de pessoas).



NO FUNDO, SÓ PRECISAMOS DE ALGO POSITIVO

Pode parecer redundância dizer que algo positivo atrai mais coisas positivas e algo negativo também atrai mais coisas negativas, mas achei necessário. Ainda assim, se você começa a receber muitos likes de uma mesma pessoa, será que ela está ajudando com esse pensamento positivo ou atrapalhando?

Pode nem ser na internet, nem mesmo no Facebook, mas precisamos de algo positivo em nossas vidas. E eu nem acho que as novelas conseguem mais fazer isso ocorrer visto que há muitos mals momentos para conseguirmos só no fim de 6 meses encontrar algo bem positivo. A rede social consegue colocar um pouco desta necessidade indireta de mais coisas positivas e fortalece os desejos de alguns bem como torna grande desejos negativistas que ficam sem ser publicados, mas minha dica é que tome muito cuidado ao sair distribuindo cumprimentos com seu like por aí e note que nas buscas da Google há sempre um botão ‘+1’ para o sentido da coisa não mude e faça você continuar buscando um sentido para as coisas.

Arruma Blog entre os 100 Tops Blogs

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014


O prêmio Top Blog ainda está acontecendo e a votação não terminou. Ocorreu no início de Fevereiro mais uma etapa para saber quais foram os 100 blogs de cada categoria que receberam maiores números de votos entre os participantes.

Iniciado em 2013, o prêmio Top Blog (que acontecerá em 2014) tem por objetivo prestigiar os blogs que se destacam por conteúdo relevante ao público em diversas categorias. O Arruma Blog participa a algum tempo do evento e por mais um ano estamos entre os 100 mais votados na categoria Internet e tecnologia.

ESTE AGRADECIMENTO É PARA VOCÊ!
Sim caro leitor(a), este agradecimento é para você que recebe nosso feed, que visita o site, que vota, que comenta e que participa ativamente do blog: Muito Obrigado!

Já é uma grande felicidade participar e chegar até aqui, mas ainda temos até o dia 10 de Março para continuar tentando chegar a uma das 3 posições finais e peço sua ajuda para votar mais uma vez e indicar o Arruma Blog aos amigos pelas redes sociais.

Qualquer pessoa pode votar uma vez por e-mail e outra vez pelo Facebook.

Boa sorte a todos os participantes e aquele sentimento de gratidão a quem colabora,

Rafael Faria

Bicicleta ou patins? Que tal os dois em algo inovador?

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Mais um aparelho inovador no mercado que promete mudar um pouco a forma de locomoção pessoal. Batizado com o nome de Aeyo, é uma mistura de bicicleta e patins e traz a expectativa de melhorar a estabilidade em andar de patins, freios que podem ser acionados como em uma bicicleta e uma roda frontal para fornecer ainda mais estabilidade. Tudo isso considerando o tamanho que a pessoa e o aparelho tem no chão, é bem menor que uma bicicleta convencional.

Diferente dos modelos já conhecidos de aparelhos da Segway onde o equilíbrio da pessoa gera movimento, o Aeyo necessita que a pessoa esteja em pé para que criar impulso. Os pés são presos ao pedal que também está preso ao resto do aparelho e com o balanço das pernas gera movimento.


O Aeyo está disponível por US$ 600,00 e por enquanto podemos dizer que ele é voltado a entusiastas do fitness e atletas mais ‘extremes’. Ele te ajuda com treinos para o corpo todo, diferente de alguns outros e não a toa é visto como grande alternativa ao transporte pessoal.

Via Gizmodo 

5 coisas que eu ainda gosto na Campus Party

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014


Oficialmente iniciada dia 28 de Janeiro de 2014, a CPBR7 novamente mostra a ser um evento relevante ao mercado da Tecnologia da Informação, comunicação, inovação, robótica entre outros ramos.

Ano passado, na 6ª edição por ser um ano político, os valores dos ingressos subiram drasticamente e isso gerou um grande descontentamento entre os ‘campuseiros’ e este ano por mais que o valor tenha ficado com pouca diferença do ano passado, já houve menos reclamações. Uma das grandes atrações que eu vi a chamada, foi para Bruce Dickison (integrante da banda Iron Maiden) que além de ser mundialmente conhecido pela música é um grande empresário e certamente conseguiu transmitir uma ótima mensagem.

Separei então, algumas coisas que eu ainda acho relevante em relação ao evento e serve para quem esta no evento e quem não está também.

ESPAÇO ABERTO AO PÚBLICO
Quem conhece o evento sabe que ele não é totalmente aberto ao público, mas reserva um grande espaço para o público que inclusive, muitos campuseiros acabam esquecendo de visitar por estarem frequentemente vendo palestras ou usando a internet cavalesca de potente que o lugar oferece. O espaço gratuito é um local para as marcas mostrarem seus produtos, fazerem gincanas com as pessoas locais e tentar mostrar um pouco de que está rolando dentro do evento.

NEWSLETTER
Qual a graça de receber notícias no seu e-mail sobre um evento mundialmente famoso? Não sei você mas ter a comodidade de receber a notícia (manipulada ou não) é um grande adianto. As vezes (não muitas) podemos saber de coisas por fontes confiáveis e neste caso ser um assinante nos garante saber das coisas com antecedência sem ter ir ao blog ou recorrer a sites externos. Isso me ajudou quando fui na edição 5, pois consegui me preparar por conta das dicas aos campuseiros e ver alguns eventos on-line. Minha dica é que normalmente por aqui a equipe do evento divulga ações exclusivas aos integrantes que compraram o ingresso ou que assinam o canal.

ESPAÇO DE INOVAÇÃO ONLINE
A todo ano, como toda empresa, há uma série de eventos que estimulam a criatividade e inovação. A algum tempo o evento vem tentando juntar as palestras gravadas e um local para aqueles que gostam de ser questionados e desejam rever as palestras depois que o evento termina.


TRANSMISSÃO AO VIVO DE PALESTRAS
Neste tópico entra a importância da newsletter. Ano retrasado a organização publicou todas as palestras confirmadas via Google Docs e isso possibilitou um agendamento e interação entre os participantes de forma incrível (só que eu não uso o Docs como muitos usam então fui na agenda do celular mesmo). A cada dia recebemos por e-mail as principais palestras no evento e podemos acompanhar cada uma delas na hora e endereço indicado no e-mail. Simultaneamente ocorrem no evento muitas palestras e você tem que ter um foco se não nada valerá a pena. E o motivo de ter um espaço para rever as palestras é sempre muito útil.

NETWORK
Este evento é pago e as palestras não estão abertas a quem não é cadastrado no site (com limitação de palestras e conexão) e principalmente quem não comprou o ingresso para ir ao local. Independente se você foi ou não, você ainda pode se juntar a quem gosta do evento e trocar muita ideia pelas redes sociais como Twitter, Facebook ou Google Plus. O evento dura 7 dias e terminou no domingo dia 2 de fevereiro.

Vale lembrar que todo ano tem coisas ruins acontecendo, seja dentro do evento como ‘fora’ do evento. Há sempre pessoas que não gostam mais de algumas ações do evento, outras lutam para conseguir coisas melhores, há roubos lá dentro e por aí vai. Nada no mundo é que é criado pelos homens é perfeito assim como no ano passado, mas acho que esse ano, muitas coisas boas voltaram a acontecer.

Você conhece mais coisas legais ou ruins? Compartilhe comentando.

Dicas: mantenha seu blog sempre atualizado

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Existe coisa pior do que você acessar um blog com expectativa e, quando o abrir, ver que a última atualização foi há três semanas ou então há dois meses? Isso é muito chato e, além do mais, faz com seu blog perca moral com o leitor, que não vai se fidelizar pelo fato de não saber qual é a periodicidade daquela página. Ou pior: se aquele blog vai continuar a ser atualizado.

Terminar um blog não é algo proibido ou então condenável. Todo mundo têm seus motivos para dar um a um projeto, mas se o seu ainda está ativo, deixe isso bem claro para os seus leitores da melhor forma possível: atualizando-o SEMPRE!



Se o seu blog é de periodicidade diária e com assuntos “quentes”, é normal que você tenha que dedicar muito mais tempo para o projeto do que se ele fosse de assuntos mais “frios” e com periodicidade semanal. Portanto, antes mesmo de criar um blog, isso é um fator determinante para saber se o projeto que você pretende tocar vai ter sucesso ou não.

Confira abaixo algumas dicas para que o seu blog não seja visto como um “blog morto” para quem o acessa:

BLOGS COM NOTÍCIA DIÁRIAS
Como já foi citado acima, o nível de dedicação precisa ser muito grande. Para não deixar seu blog desatualizado e ao mesmo tempo economizar tempo, não é necessário que seja feito todo um planejamento para o dia, afinal as coisas vão acontecendo sem que você tenha controle e, por isso, fazer todo um plano diário se torna uma missão mais complicada.

Faça rondas nos principais portais de blogs e sites referentes ao seu nicho e poste tudo o que você achar que for interessante para os seus leitores. Para um blog com periodicidade diária, a palavra preguiça não pode fazer parte do dicionário.

BLOGS COM PERIODICIDADE SEMANAL



Ah, os blogs de periodicidade semanal, como eles são muito melhores para se trabalhar, para fazer um real planejamento e, ainda por cima, dar mais tempo para curtir a vida longe da tela de um computador.

Para esses tipos de blogs, que geralmente são sobre assuntos mais “frios” e praticamente são blogs opinativos, é sempre legal que se faça um planejamento bastante detalhado do mês, assim como fazem outros tipos de profissionais, como os varejistas com as suas planilhas de controle de estoque.

Na última semana de um mês, comece a planejar como serão os próximos trinta dias. Defina os dias que vão ser publicados os artigos, o tema que esse artigo vai abordar e, se possível, até mesmo o assunto que vai ser tratado.

Se você tem um blog sobre seriados, por exemplo, você sabe que no dia 06 de abril Game of Thrones vai retornar para a quarta temporada. Assim, é de seu conhecimento que você vai ter que falar sobre o assunto, logo, já em janeiro já dá para fazer esse planejamento e adicionar este artigo na sua planilha de postagens.

É claro que cada um encontra o melhor método para trabalhar e manter seu blog sempre em dia. Independentemente da fórmula adotada, o importante é NUNCA deixar ele desatualizado por um motivo banal, como preguiça ou falta de motivação. Isso pode custar caro no futuro em termos de audiência.

Este post é fruto da parceria entre Arruma Blog e SEO Master.
Você pode nos enviar um artigo, escreva um Guest Post.

SEO ajuda, mas bom conteúdo é básico!

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Blogueiros sempre estão pensando em técnicas de SEO para melhorar o ranqueamento dos seus blogs nos mecanismos de buscas.

Não há dúvidas que utilizar esta técnica ajuda, e muito, a conseguir novos visitantes, mas você não quer somente visitantes avulsos, não é verdade? O objetivo de todo o blogueiro – pelo menos o que deveria ser – não é priorizar estatísticas, mas sim agregar leitores. É aí que a importância de um bom conteúdo se torna primordial para o sucesso do seu blog.

O SEO vai te ajudar a mostrar o caminho da sua página para mais pessoas, mas só isso não adianta. Esses visitantes precisam gostar do que lhes foi mostrado e pensar em voltar a um determinado blog por vontade própria. Isso é o que chamamos de fidelização.



Um bom conteúdo é a palavra chave para que um visitante passe a se tornar um leitor. É fará com que você aumente a sua prospecção de “clientes”.

Um bom conteúdo não precisa de um grande trabalho de divulgação, ele já se divulga “sozinho”, uma vez que tudo que atrai o interesse do leitor tente a ser compartilhado naturalmente nas redes sociais.

Confira abaixo algumas dicas básicas para você cuidar bem da principal parte de um blog: o conteúdo.

Seja original

A leitura de determinado conteúdo pode – e muitas vezes o faz –te ajudar na hora de pensar um artigo para o seu blog, isso é normal. O que não é normal é você copiar este conteúdo para o seu blog.
Quando falamos em copiar, não estamos falando apenas sobre o famoso “CTRL –C + CTRL –V”, mas também de cópia de ideias.
Não copie, crie! Se vai falar do mesmo assunto, tente dar uma angulação diferente, um novo ponto de vista. Seja original e criativo, isso vai te ajudar a conseguir um conteúdo de qualidade e que atraia os leitores.

Vá direto ao ponto



Alguns blogueiros acreditam que quanto maior o artigo maior será a sua influência. Mas, como sabemos, tamanho não é documento. Se você fizer um post grande, mas que seja relevante, tudo bem, melhor ainda, mas se você ficar enrolando o seu leitor até chegar realmente no assunto, com certeza ele vai se cansar e vai dizer adeus ao seu artigo antes mesmo de descobrir algo de relevante nele.

Vá direto ao ponto, não fique fazendo rodeios. Se quer prender seu leitor, não o prenda através da enrolação, mas sim pela qualidade de envolve-lo através da escrita.

Cuidado com o português

Não adianta você dominar o assunto se não tem um bom português. Se existe alguma coisa que ninguém atura em um texto – além dele não ir direto ao ponto – são os erros no emprego da linguagem.
Estude bastante, leia muito e nunca deixe de praticar a escrita, mesmo que isso não vá parar no seu blog.
Cada um têm o seu estilo de escrita, e não é necessário mudá-la. Desde que o seu português seja correto, não há problema.
Um texto sem erros – ou então com o mínimo de erros possível – é fundamental para que o leitor fique para ler até o ponto final.

Este post é fruto da parceria entre Arruma Blog e SEO Master.
Você pode nos enviar um artigo, escreva um Guest Post.

Pais que não acreditam no blog do filho

terça-feira, 14 de janeiro de 2014


Facebook, Twitter, Pinterest, Tumblr e muitas outras redes sociais com grande capacidade, estão ganhando um olhar de coisa passageira pelos adultos. Essa visão é bem popular e conhecida por quem não é da área da informática ou não costuma acessar a internet e por conta disso, quando dizemos que temos uma conta em algumas dessas redes sociais, muitas pessoas pensam que em menos de um ano iremos cansar delas e deixa-las de lado literalmente.

Se você tem menos de 16 anos de idade, seus pais provavelmente não se importam muito com seu blog, com a quantidade de amigos que você tem no Facebook ou no Twitter e isso sempre nos deixa triste. A primeira dica para melhorar o ânimo é não desanimar!

CONQUISTE SEUS PAIS


Você deve conquistar o respeito do seus pais bem como conquistar a atenção deles. Para isso, você terá que rever algumas atitudes e hábitos começando pelo que você realmente faz em seu blog e por quanto tempo gasta para acessar blog. Naturalmente você deve acessar chats e redes sociais, mas o blog é um intermediário entre rede social e site, e você deve se dedicar a ele também.


Pessoas adultas acreditam que qualquer coisa feita por crianças ou pré-adolescentes são irrelevantes ou seja, não são importantes, por isso mesmo você tem que mostrar a eles que o seu blog tem uma importância e não é a mesma importância que tem pra você, tem que ser mostrada a importância que os seus leitores dizem.

Talvez, você tenha um leitor que comenta com frequência e gosta do ambiente, então uma das importâncias do seu blog é fazer esse leitor se sentir bem. Quem sabe para outro, a sua opinião ou forma de ver as coisas também faça a diferença e isso é importante.

Aqui vai alguns tópicos para te ajudar em seu blog:


  • Quanto tempo estou gastando em frente ao computador?
  • Quanto desse tempo é dedicado ao meu blog e interação com o leitor?
  • Quais as coisas mais legais que acho no meu blog?
  • Quais as coisas mais legais que os outros acham do meu blog?
  • Quais os benefícios que o blog me trouxe ao longo do tempo que ele existe?


Como ter argumentos para falar com seus pais:
- Seu pai ou sua mãe gosta de conversa cara a cara?
    Vá deixando pistas de que blogar está te deixando melhor, um bom filho(a) ou mais esperto sobre assuntos que eles conhecem. Há blogs que falam sobre praticamente qualquer assunto, basta conhecê-los.
- Seus pais gostam de números?
    Se sim, você terá que mostrar alguns números como por exemplo a quantidade de visitantes na sua página e a de comentários. Isso faz a diferença pois mostra o quanto as pessoas (leitores) gostam do que escreve
- Seus pais não tem hora certa nem dia certo para falar de coisas do dia a dia?
    Neste caso você terá que guardar na mente alguns dados mais relevantes como um comentário bacana (e esteja pronto para provar que ele exista em seu blog se precisar), um post que teve muitos comentários legais, uma interação que teve com outros blogueiros ou leitores ou participação em algum projeto e sempre ouça primeiro seus pais para depois falar.

Vale lembrar que um blog pode ser visto e em alguns lugares ou aspectos são mais do que vistos, são utilizados como forma de ensino e aprendizados como já disse no artigo HTML 5 e o envolvimento com escola e também no artigo Enquanto você bloga, alguém aprende com UCA.


















 
Arruma Blog © 2009 - 2013 | Desenhado por Bubble Shooter | Direitos reservados | Obrigado pela visita